Ir direto para menu de acessibilidade.
Inicio contedo da pgina

Notícias


Divulgação Científica

Estudo brasileiro sobre educação em saúde é publicado por periódico de Portugal


Seg, 13 de Março de 2017

Imagem: Revista Lusófona de EducaçãoApós realizar a pesquisa de pós-doutorado com bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, em Portugal, Almira Alves, teve um artigo resultante de seus estudos publicado na Revista Lusófona de Educação - disponível no acervo do Portal de Periódicos. “A publicação internacional em uma revista com Qualis A1 significa o reconhecimento da qualidade do artigo por meus pares. Reconhecimento este que se transforma numa maior divulgação do conteúdo produzido entre os pesquisadores da área, do meu ambiente de trabalho e da instituição de ensino superior (IES) da qual faço parte”, orgulha-se Almira.

Almira Alves publicou artigo na Revista Lusófona de Educação (Foto: Arquivo Pessoal - Divulgação CCS/CAPES)O artigo “Educação em saúde: um mapeamento dos estudos produzidos no Brasil e em Portugal (2000-2013)” foi resultado da pesquisa com o mesmo título realizada no pós-doutorado, no período de março de 2014 a fevereiro de 2015. Em sua pesquisa, Almira fez um levantamento de estudos científicos publicados em revistas de referência em Portugal e no Brasil sobre Programas de Educação para a Saúde no período 2000 -2013 e quais os temas ou domínios abordados nas pesquisas selecionadas.

“Dentro desse contexto, a pesquisa pôde ressaltar a baixa quantidade de programas e projetos elencados no levantamento, pois ainda não atendem à demanda das principais causas de mortalidade nem morbidade, ficando por saber se existe a falta de programas ou se é baixa a produção científica que relate ou mesmo avalie esses programas, dificultando a socialização do conhecimento”, explica.

Experiência
Almira conta que a experiência do pós-doutorado fortaleceu sua identidade como educadora e pesquisadora e contribuiu para a tomada de decisões mais assertivas e potencialmente indutoras de sucesso. “Ter tido a possibilidade de me dedicar integralmente aos estudos e à pesquisa por um ano foi uma das experiências mais gratificantes, pois o foco fica mais direcionado e as ações mais precisas e enriquecedoras. Durante esse período pude conhecer diversas IES na Europa e perceber as diferentes formas de fazer ensino superior em suas várias atuações, inclusive a pesquisa. Envio meus agradecimentos, em especial, ao prof. Antonio Duarte Teodoro, meu orientador, e à profa. Sandra Queiroz, co-orientadora. Foi uma experiência singular”, resume.

Trabalho apresentado em Lisboa, Portugal, durante o pós-doutorado (Foto: Arquivo Pessoal - Divulgação CCS/CAPES)Para o futuro, a pesquisadora pretende intensificar as pesquisas na área do ensino na saúde e dedicar-se ao mestrado em Ensino na Saúde e Tecnologia oferecido pela Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), IES à qual Almira é vinculada e cuja coordenação compete a ela. “Desejo produzir mais e melhor, além de juntar esforços para a estruturação de mais um mestrado na área de ensino.”

UNCISAL
Trabalho apresentado em Barcelona, Espanha, durante o pós-doutorado (Foto: Arquivo Pessoal - Divulgação CCS/CAPES)Além da publicação do artigo em uma revista de alta relevância, o pós-doutorado de Almira rendeu outros frutos. A pesquisadora e docente da UNCISAL, e agora coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ensino na Saúde e Tecnologia da instituição, diz que a experiência no pós-doutorado foi fundamental para que a universidade tivesse aprovada sua primeira pós-graduação stricto sensu.

“Desde 2005, quando ingressei na Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), apliquei meus conhecimentos e esforços em prol do fortalecimento da educação em saúde, estruturando o curso de especialização na área e a oferta da disciplina tanto obrigatória como eletiva. Depois disso, a UNCISAL já havia apresentado quatro APCNs e não havia aprovado nenhum. Quando da solicitação da bolsa à CAPES, minha proposta contemplava, então, a estruturação de um mestrado na instituição. Minha experiência no pós-doutorado, por meio da participação em bancas de defesa de doutorado, de mesas de discussão, grupos de pesquisa, congressos, seminários, conferências, comissão organizadora de encontro científico e visitas técnicas a centros de pesquisa, além do dia-a-dia na universidade e a exposição a uma cultura diferente, foram determinantes para uma visão mais ampla e assertiva e serviram como combustível para impulsionar a minha determinação em congregar todos os elementos necessários para estruturar e apresentar à CAPES um APCN de qualidade, alcançando assim a meta, com êxito na aprovação do curso”, conta.

Participação como banca na defesa de doutoramento na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias em Lisboa, Portugal (Foto: Arquivo Pessoal - Divulgação CCS/CAPES)A aprovação do mestrado profissional em Ensino na Saúde e Tecnologia da UNCISAL foi publicada em 5 de janeiro deste ano, após a 169ª Reunião do Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES).

Revista Lusófona de Educação
A Revista Lusófona de Educação é uma publicação científica trianual do Centro de Estudos Interdisciplinares em Educação e Desenvolvimento (CeiED) do Instituto de Educação da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Tem como objetivos prioritários a publicação de trabalhos científicos na área das Ciências de Educação e o intercâmbio com outras publicações científicas da mesma área ou áreas afins. O acesso à publicação está disponível para a comunidade acadêmica brasileira por meio do Portal de Periódicos da CAPES.

Com informações da CCS/CAPES


Alice Oliveira dos Santos


Notícias relacionadas

  • 27.04.17
  • 03:04
Filhos que são tratados como confidentes dos pais podem ter desenvolvimento prejudicado
Artigo científico publicado pelo Journal of Family Therapy faz um alerta para pais que exageram na hora de compartilhar detalhes da vida pessoal com crianças e adolescentes
  • 25.04.17
  • 03:04
Açaí é apontado como possível aliado no tratamento de distúrbio bipolar
O novo estudo, que contou com o apoio da CAPES, mostra como o fruto amazônico pode ser importante para reverter quadros de doenças psiquiátricas. Os resultados estão no Portal de Periódicos, na revista científica Oxidative Medicine and Cellular Longevity
  • 17.04.17
  • 03:04
Número de brasileiros fumantes diminuiu consideravelmente nos últimos 25 anos
O Brasil ocupa o oitavo lugar no ranking de número absoluto de fumantes, mas a redução coloca o país entre os campeões de queda no volume de pessoas que consomem tabaco. Os resultados da pesquisa foram publicados em abril pelo periódico The Lancet
  • 04.04.17
  • 03:04
Compostos químicos são responsáveis por aroma e sabor do café
A pesquisa que analisa o caveol e o cafestol – associados à qualidade do café – teve apoio da CAPES. O artigo científico com os resultados está disponível no Portal de Periódicos, na revista científica Plant Physiology and Biochemistry
  • 03.04.17
  • 03:04
Toque humano é fundamental para desenvolvimento de bebês prematuros
Um recente estudo publicado pela revista científica Current Biology – disponível para usuários do Portal de Periódicos – mostra que os circuitos sensoriais associados ao toque podem ter o desenvolvimento prejudicado se a criança for exclusivamente isolada na incubadora
Fim do contedo da pgina